NOTÍCIAS



4/12/2021

Tecnologia para tratamento corretivo e preventivo de incrustações de águas industriais



A ação diamagnética de Solavite promove remoção de moléculas dos sais causadores de incrustações e evita formação de novas incrustações sem utilização de químicos e eletricidade, através de processo de catalise por indução eletrostática. 

O controle de incrustações de águas industriais é desafiador sendo um dos problemas que afeta grande parte das indústrias que necessitam de geração de vapor e resfriamento. “O impacto econômico de incrustações em trocadores de calor na indústria brasileira é estimado em R$ 15 bilhões por ano”, comentou Luís Meneses Filho, vice-presidente do Grupo Solavite, no “Abra Talks”, evento virtual mensal da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais, realizado no dia 7 de abril, via plataforma zoom, quando apresentou o tema “Tecnologia para o tratamento corretivo e preventivo de incrustações em águas industriais”. Segundo Meneses, as incrustações na indústria trazem baixa confiabilidade de sistemas de produção, comprometem a vida útil de ativos, diminuem a produtividade e aumentam os custos. “A incrustação forma um isolante térmico que reduz a eficiência de troca térmica em caldeiras, torres de resfriamento e chillers. Para cada 1 mm de incrustação tem-se um aumento de custo energético de 5 a 10%”, acrescentou. 

Menezes citou os princípios de diversas tecnologias de tratamento de água, entre eles, magnetos, eletrostático, indução de corrente alternada, químicos (abrandadores e dispersantes), mas se fixou na catálise diamagnética, que altera os padrões de atração magnética dos sais incrustantes, mantendo-os na solúveis e não precipitados. “Destes tratamentos, o de catálise diamagnética é o único que atua tanto corretivamente quanto preventivamente”, afirmou o executivo, acrescentando também que é muito eficiente em águas com dureza alta, e elevada concentração de sulfatos e de sílica. “A tecnologia Solavite Hydro é um processo único porque trata simultaneamente incrustações formadas por carbonatos, sulfatos, silicatos, parafinas e óxido de ferro”, ressaltou. 

O executivo explicou que a tecnologia tem base na mecânica quântica, que afeta o momento magnético dos átomos em suspensão no fluido, alterando o padrão de atração e cristalização de agentes incrustantes. Por meio de catálise por indução eletrostática dos elementos contidos no fluido tratado, atua sobre as propriedades físicas das moléculas. “Altera a força de atração molecular dos sais, impondo um comportamento de repulsão em vez de atração dos átomos presentes no fluido. Assim, inibe a precipitação de sais minerais e remove as incrustações, sem alterar as propriedades químicas do fluido”, concluiu.

Segundo João Moura, presidente da Abrafiltros “trata-se de um debate importante na busca de alternativas que auxiliem as industriais em seus processos. As novas tecnologias são sempre bem-vindas, principalmente, quando comprovados seus resultados de melhoria”.

Dividido em três etapas, de 30 minutos, o “Abra Talks” iniciou com a apresentação de Daniel Zocchio, membro da equipe técnica da Abrafiltros, que abordou o tema “Características dos nãotecidos e aplicações no segmento de filtração”.  Em seguida, foi a vez Luís Meneses Filho, e, depois, o Eng° Everton Lopes, gerente executivo do Centro Tecnológico Mahle Metal Leve e diretor executivo da AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, falou sobre “Eficiência energética e emissões de gases na indústria automotiva”.

O conteúdo do Abra Talks de abril na integra pode ser assistido de forma exclusiva por associados a Abrafiltros.
 
O próximo “Abra Talks” acontece no dia 13 de maio e na área de filtros para estações de tratamento de água e efluentes, debaterá o tema “Aplicação de Membranas para Tratamento de Efluentes”, com a participação Renato Ramos. Para participar, basta se inscrever de forma gratuita no link: https://forms.gle/rzQWVfQCp4M7M1ez5

 Sobre a Abrafiltros:
Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.
 
Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

associados