NOTÍCIAS



4/9/2021

AESabesp cria Museu Água para conscientizar que recurso finito deve ser preservado



Museu Água vai cuidar do passado com um olhar no futuro, conscientizando a sociedade para fazer uso racional da água e despertando o interesse das pessoas pelo saneamento.

A superfície do planeta é formada por 71% de água. No entanto, 97% deste montante é de água salgada e somente 3% doce. Destes 3%, 69% estão nas geleiras, apenas 1% está nos rios e lagos e 30% são águas subterrâneas. Foi o que afirmou Viviana Borges, presidente da Associação dos Engenheiros da Sabesp – AESabesp, no dia 25 de março, no “Programa Filtra Ação”, canal de conteúdo online da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais e das revistas Meio Filtrante e TAE, quando apresentou o tema “Água Ancestral – relação do ser humano com a água – Sacralidade x Sociedade x Saneamento”, evento em comemoração ao Dia Mundial da Água (22/3). “É um recurso natural precioso não só neste momento de pandemia, mas em qualquer cenário, bem como muito importante para o futuro e para sustentabilidade das próximas gerações”, comentou.

Segundo Viviana, visando o futuro, a AESabesp desenvolveu um projeto de criação do Museu Água, espaço de experiência para o conhecimento das diversas formas da água e seus usos e um lugar de interação com a natureza e de disseminação da sua importância para a sociedade. “O objetivo é desenvolver a consciência do valor da água e da natureza, estimular não só o interesse das pessoas pelo saneamento, mas também o envolvimento da sociedade para a preservação e uso racional da água. É cuidar do passado com um olhar no futuro”, ressaltou a presidente da AESabesp, explicando que o espaço, que será interativo, com exposições permanentes e temporárias, ocupará uma área de aproximadamente 2.400m², pertencente à Sabesp, prevendo uma praça de integração entre o MAC – Museu de Arte Contemporânea e o Instituto Biológico. “A cidade ganha um museu, a sociedade ganha consciência ambiental, engajamento e cidadania”, disse.

Durante sua apresentação, Viviana também mostrou que a importância da água vem desde a pré-história. Sempre esteve presente em todos os povos desde sumérios entre 5.000 a.C, mesopotâmios em 4.000 a.C. e hindus em 3.200 a.C., que já desenvolviam canais de irrigação, galerias e se preocupavam com a água imprópria, potencial transmissora de doenças. Egípcios, em 2000 a.C, já utilizavam sulfato de alumínio na clarificação da água. A presidente da AESabesp também relacionou a água com a sacralidade já que em muitas religiões é considerada como símbolo sagrado, além de simbolizar a origem da vida, fecundidade, fertilidade e purificação.

Para o presidente da Abrafiltros, João Moura “a apresentação nos fez viajar no tempo para não só dar mais valor a este recurso natural tão precioso que é a água, como também, nos fez descobrir que essa relação tem uma rica história que precisa ser preservada e acima de tudo propagada. A iniciativa do museu é louvável e merece nosso total apoio”.

Interessados em assistir o programa na íntegra, podem acessar a TV Filtros no Youtube (www.youtube.com.br/tvfiltros). 

O próximo Programa Filtra Ação acontece no dia 29 de abril, às 15h e receberá a Profa. Profa. Dra. Leny Kyrillos - Fonoaudióloga, consultora em comunicação, palestrante e escritora, que vai apresentar o tema “O poder da comunicação na era da transformação”.

Sobre a Abrafiltros:
Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.
 
Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

associados