Atualizado há 2 meses

Descarte Consciente Abrafiltros contabiliza reciclagem de mais 2,1 milhões de filtros no Mato Grosso do Sul

Programa de logística reversa de filtros usados do óleo lubrificante automotivo, que está implantado no Mato Grosso do Sul desde 2020, já soma 616 pontos de coleta diretamente nos geradores. Termo de Compromisso deverá ser renovado com novas metas até 2027.
 
O programa Descarte Consciente Abrafiltros, de logística reversa de filtros usados do óleo lubrificante automotivo, criado pela ABRAFILTROS – Associação Brasileira das Empresas de Filtros Automotivos, Industriais e para Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Reúso, já atingiu a marca de 2.177.656 filtros do óleo lubrificante automotivo reciclados no Mato Grosso do Sul até abril de 2024, volume que representa 803.555,18 kg. “O Descarte Consciente Abrafiltros está completando 4 anos no Estado em 2024 e, apesar dos desafios, avança. Foi implantado em 1º de outubro de 2020 no Mato Grosso do Sul, sendo o primeiro sistema a assinar Termo de Compromisso com a SEMAGRO e o IMASUL. No início, contava com 135 pontos de coleta, número que saltou para 616 em 2024”, comenta João Moura, presidente-executivo da Abrafiltros, explicando que os pontos de coleta são em oficinas, concessionárias de veículos, redes de troca de óleo e postos de combustíveis. 
 
A coleta é feita diretamente nos geradores, pois o consumidor brasileiro não tem por hábito realizar a troca dos filtros em domicílio, não havendo a existência de PEVs – Postos de Entrega Voluntária.
 
Atualmente, 5 caminhões da EcoSupply, empresa do Grupo Supply Service, pioneira no Brasil no tratamento de resíduos oleosos e parceira da Abrafiltros no programa, rodam uma média mensal de 15.625 km em 63 cidades sul-mato-grossenses para efetuar a coleta dos filtros usados do óleo lubrificante automotivo.
 
Para 2024, a meta de reciclagem em aprovação no Mato Grosso do Sul equivale a 280.378 kg em 67 municípios. Simon explica que, no estado sul-mato-grossense, o atual Termo de Compromisso estabelece as metas do programa até 2023 e está vigente até 2024. As novas metas em aprovação até 2027 serão inseridas por meio de Termo Aditivo, que também renova o Termo de Compromisso. 
 
“Diante dos bons resultados obtidos pelo programa, a SEMAGRO e o IMASUL têm sido bastante colaborativos e estamos em processo de aprovação final para assinatura do Termo Aditivo”, afirma Marco Antônio Simon, gestor do programa.
 
O programa Descarte Consciente Abrafiltros já está implantado em São Paulo, desde 2012; em 2013, foi ampliado para o Paraná; em 2015, para o Espírito Santo; e, em 2020, para o Mato Grosso do Sul. “A expectativa para 2024 e nos próximos anos é de que novos estados efetuem a adesão ao programa, pois novas legislações devem incluir os filtros usados do óleo lubrificante automotivo entre os produtos alvo da logística reversa”, relata Simon, destacando: “Um dos estados que analisa o assunto é o Mato Grosso. Mas, a publicação da legislação com a menção ao resíduo é essencial para que possamos mobilizar o setor e seguir com as tratativas necessárias para o desenvolvimento do projeto, aprovação governamental e implantação”.
 
Atualmente, o programa conta com 33 empresas participantes do sistema de logística reversa no Mato Grosso do Sul: AGCO do Brasil Soluções Agrícolas Ltda;  Agritech-Lavrale Indústria de Maquinário Agrícola e Componentes Ltda; Borgwarner Indústria e Comércio Brasil Ltda; Caoa Chery Automóveis Ltda.; Caterpillar Brasil Comércio de Máquinas e Peças Ltda., CNH Industrial Brasil ltda.; Cummins Filtration do Brasil/Atmus; DAF Caminhões Brasil Indústria Ltda; Donaldson do Brasil Equipamentos Industriais Ltda.; Ford Motor Company Brasil Ltda.; General Motors do Brasil Ltda.; Hengst Indústria de Filtros Ltda.; John Deere Brasil Ltda.; Kawasaki Motores Brasil Ltda.; Magneti Marelli Cofap Fabricadora de Peças Ltda.; Mahle Metal Leve S.A.; Mann+Hummel do Brasil Ltda./Filtros Wix; Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil Ltda.; Mercedes-Benz do Brasil; MWM Tupy do Brasil Ltda.; On-Highway Brasil Ltda.; Parker Hannifin Indústria e Comércio Ltda. – Divisão Filtros; Renault do Brasil Comércio e Participações Ltda.; Renault do Brasil S/A.; Rheinmetall Automotive – Motorservice Brazil; Robert Bosch Ltda.; Scania Latin América Ltda.; Sofape Fabricante de Filtros Ltda./Tecfil; Sogefi Filtration do Brasil Ltda./Filtros Fram; Volkswagen do Brasil Ltda.; Volvo do Brasil Veículos Ltda., Wega Motors Ltda. e Yamaha Motor do Brasil Ltda.
 
No processo de reciclagem, complexo e de elevado custo, o investimento é feito totalmente pelas empresas participantes. O metal (23%) é encaminhado para siderúrgicas; o OLUC – Óleo Lubrificante Usado Contaminado (2%), vai para rerrefino; e o restante dos resíduos (75%), segue para coprocessamento em cimenteiras, para geração energética e uso das cinzas (clínquer) na fabricação do cimento.
 
Desde janeiro de 2022, o Decreto Federal 10.936 determinou que na destinação ambientalmente adequada, os elementos filtrantes usados dos filtros do óleo lubrificante automotivo devam ser destinados para recuperação energética (coprocessamento), o que já era cumprido pela Abrafiltros desde o início do programa.
 
Simon explica que o sistema de logística reversa coletivo realizado pela Abrafiltros, apresenta a melhor relação custo-benefício para as empresas do setor tendo a associação como gestora, responsável pela operacionalização do programa, emissão de relatórios, controle dos prestadores de serviço, metas, contatos governamentais etc.. Em contrapartida, as empresas aderentes devem informar os dados solicitados e arcar com os investimentos necessários para a realização do programa. “Isso permite realizar um trabalho de alto nível com profissionais especializados, e as empresas podem focar no próprio negócio, sem demandar estruturas adicionais para a logística reversa. Para fazer as mesmas ações de forma individual, o investimento é elevado, há a necessidade de maior infraestrutura e pessoal dedicado, controles específicos, atender exigências governamentais cada vez maiores, o que para muitas empresas é impraticável”.
 
Para mais informações sobre o Programa Descarte Consciente Abrafiltros, basta acessar o site www.abrafiltros.org.br/descarteconsciente.
 
Sobre a Abrafiltros: 
Criada em 2006, a ABRAFILTROS – Associação Brasileira das Empresas de Filtros Automotivos, Industriais e para Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Reúso – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água, efluentes e reúso, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.
 
Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
Jornalista responsável – Majô Gonçalves – MTB 24.475
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

Saiba mais
Atualizado há 1 semana

Com mais de 40 milhões de filtros reciclados, Descarte Consciente Abrafiltros é a referência em logística reversa

Saiba mais
Atualizado há 2 semanas

Abra Talks da Abrafiltros destaca como funciona a Economia Circular

Saiba mais
Atualizado há 2 semanas

Abrafiltros apoia evento da construção civil em agosto

Saiba mais